Auditor

Conheça um sistema completo e inovador para auditar e corrigir arquivos SPED Fiscal e Contribuições.

Tenha um sistema com tudo o que você precisa para auditar e corrigir diversos arquivos SPED Fiscal e/ou Contribuições em uma única vez, de forma automatizada e segura, com redução de riscos tributários e do tempo para ajustes dos arquivos SPED.

Descubra a importância de um sistema de auditoria

Detecte erros e inconsistências nos arquivos SPED da sua empresa com o Auditor.

O SPED permanece sendo um desafio para empresas e contadores, o Auditor ajuda na validação e auditoria dos arquivos.

Faça auditoria e correção de diversos arquivos SPED simultaneamente

Diferente do PVA e de outros sistemas disponíveis no mercado, onde só é possível realizar a validação e a correção de apenas um arquivo, de um CNPJ e de um determinado mês, o auditor permite você tenha mais opções na hora de auditar e corrigir.

Única correção em todos os registros de cadastro

Com o Auditor você pode fazer uma única correção em todos os registros de cadastro, ou seja, ao realizar o ajuste de uma determinada informação, ao importar um novo arquivo com os erros já solucionados em períodos anteriores, o Auditor irá identificar o que foi corrigido, não realizando a importação das inconsistências.

Importação e exportação em leiautes distintos

Faça importações e importações em layouts distintos, ou seja, a importação de uma EFD ICMS/IPI e a exportação de uma EFD PIS/COFINS, tudo de forma automatizada.

  • Relatórios de apuração de ICMS, IPI e PIS/COFINS;
  • Relatórios fiscais – substituição tributária, antecipação parcial do ICMS, Fundo de Combate a Pobreza, etc.;
  • Relatórios de Análises de Estoque – cálculo do inventário, omissões, estoque financeiro, divergência de preços das entradas e saídas, etc.;
  • Relatórios de Movimentações de Produtos;
  • Comparativo entre escriturações distintas como: EFD ICMS/IPI x EFD Contribuições, XML x EFD ICMS/IPI, Sintegra x EFD ICMS/IPI, EFD ICMS/IPI x SEFAZ, etc.;
  • Comparativo entre tributação do Item no cadastro e nos documentos fiscais;
  • Comparativo de transferências entre matriz e filiais;

  • Download dos XMLs de NFe emitidas e recebidas, com seus respectivos itens, sem a necessidade de certificado digital (SEFAZ-BA);
  • Download de NFCe através das chaves dos documentos fiscais (SEFAZ-BA);
  • Cálculo de Substituição tributária e antecipação parcial do ICMS através das NFe da SEFAZ-BA;
  • Exportação dos XMLs e DANFE das notas fiscais eletrônicas;
  • Comparativo entre as notas fiscais existentes na base da SEFAZ-BA e as escrituradas no arquivo (NFe ausentes, valor do documento fiscal, situação, etc)

  • Importação de arquivos fiscais EFD ICMS/IPI, EFD PIS/COFINS, SINTEGRA, SEF, DMA e arquivos auxiliares como XLS, CSV e TXT
  • Conversão de layouts, como: Importar Sintegra e Exportar EFD ICMS/IPI, Importar EFD ICMS/IPI e exportar EFD Contribuições;
  • Importação e exportação de qualquer registro em planilhas de Excel;
  • Importação de XMLs de NFe, NFCe, CTe e NFSe;

  • Correção de vários registros de diferentes empresas e períodos;
  • Alteração de qualquer campo em diversos documentos de uma única vez;
  • Criação de registros com base em outros registros;
  • Centenas de combinações que podem ser criadas com o auxílio de filtros e funções pré-estabelecidas no sistema;
  • Criação de fórmulas que podem ser salvas, definindo rotinas de trabalhos;

  • Relatório de erros e inconsistências para diversas empresas e períodos distintos de forma consolidada;
  • Correções de erros e inconsistências diretamente do relatório de auditoria;
  • Análise de inconsistências de acordo com as regras exigidas pelo fisco;
  • Análise de inconsistências na estrutura dos arquivos;
  • Análise de Regras de preenchimento de campos (formatos, tamanhos, valores válidos, obrigatoriedade, cálculos);
  • Inconsistências nas informações cadastrais (dados da entidade, contabilista, participantes, itens e serviços, bens ou componentes do ativo imobilizado, plano de contas contábeis, etc);
  • Inconsistências de valores informados x apurados;
  • Análise de inconsistências na estrutura dos arquivos;
  • Ausência de escrituração de notas fiscais próprias – quebra de sequência;
  • Documentos fiscais escriturados – ordem sequencial, cancelamentos, períodos de apuração, modelos, séries, duplicidades, totais de itens, bases de cálculo, alíquotas, valores de ICMS, ICMS ST, IPI, PIS, COFINS, etc.;
  • Validade dos NCM´s informados;
  • Combinações entre CST´s, CFOP´s e alíquotas informados;
  • Cruzamento entre registros do próprio arquivo digital;

Acompanhe o nosso blog e canal no Youtube