O que as pessoas procuram em aplicativos?

Milhares de aplicativos são baixados e deletados todos os dias. O mercado está cada vez mais aquecido, muitas ideias surgem a todo momento, mas um dos fatores determinantes para o sucesso de um aplicativo é a sua capacidade de agradar e reter usuários.

Como já falamos aqui no blog o mercado mobile anda cada vez mais aquecido. Aplicativos para celular fazem parte do cotidiano das pessoas e programadores e empresas tem visto neles uma forma de investimento. A amplitude do mercado pode ser uma aliada ou uma inimiga quando não se entende o que as pessoas buscam em aplicativos. Verificar o que tem sido baixado e observar aplicativos de sucesso podem ajudar a obter bons resultados.

Fatores relevantes para os usuários

O mercado amplo permite que os usuários contem com plataformas para as mais diversas necessidades, manter um aplicativo no celular envolve uma série de questões para os usuários. Aqui destacaremos algumas delas:

1 Funcionalidades: ao pensar em um aplicativo é fundamental ter um olhar atento as suas funcionalidades. Quem faz o download de olho na proposta oferecida, espera funcionalidades que cumpram com o prometido.
2. Interface: é um dos aspectos mais relevantes para os usuários, quem baixa um app espera encontrar uma interface intuitiva, com boa navegação e facilidade para encontrar o que procura.
3. Performance: os usuários esperam que aplicativos tenham bom desempenho. Nesse sentindo um aplicativo deve ter um carregamento rápido, não consumir muita bateria e ocupar pouco espaço nos smartphones.
4. Conveniência: quem baixa um app está procurando realizar tarefas ou obter produtos e serviços com mais conveniência e agilidade.
5. Segurança: a preocupação com a privacidade e a segurança dos dados tem sido assunto recorrente. Aplicativos que não são seguros ou que não garantem que os dados não serão compartilhados tendem a não ser bem-vistos. Garanta que os seus usuários entendam qual a necessidade dos dados que você colhe e tenha cuidado com os compartilhamentos.

O mercado e os usuários

Na era dos aplicativos as demandas dos usuários são diversas. Usamos essas plataformas para interagir com outras pessoas, pagar contas, nos locomover, reservar passagens, aprender idiomas e tantas outras coisas que poderíamos passar horas descrevendo aqui.

Além dos fatores que citamos acima as demandas dos usuários são influenciadas pelo seu estilo de vida, o meio social e por questões que influenciam no seu dia a dia. O avanço tecnológico também possui papel importante na necessidade por novos aplicativos e na popularidade de alguns deles, além de ser capaz de introduzir novos padrões em mercados que já existem.

No Brasil aplicativos costumam atender demandas únicas ou abrangem um universo específico, como aplicativos de bancos, que possuem diversas possibilidades ligadas a finanças em um só lugar. Alguns países como a China têm questões de conveniência resolvidas em um único aplicativo, como é o caso do WeChat, criado como um app de mensagens instantâneas se tornou uma plataforma para diversas atividades cotidianas, como agendamento de consultas, pagamentos e marcação de encontros.

Em 2020 a pandemia trouxe mudanças no relacionamento entre as pessoas e a tecnologia, o que teve impacto no uso de aplicativos. No último ano houve crescimento no uso de aplicativos de entrega, entretenimento, atividades físicas, plataformas de ensino on-line, streaming e e-commerce. Os desenvolvedores de aplicativos desses segmentos aproveitaram o momento e melhoraram suas tecnologias, consequentemente os usuários esperam apps cada vez melhores em todos os segmentos.

Quem deseja investir em aplicativos precisa inicialmente entender o que as pessoas buscam nas plataformas e o cenário envolvido. Algumas empresas apresentam opções para quem quer investir, mas não entende de programação. A CMT Tecnologia, por exemplo, desenvolveu o Cidade Digital, aplicativo para cidades com várias funções úteis em um só lugar.

O que as pessoas procuram em aplicativos?
Rolar para o topo